PERGUNTAS E RESPOSTAS DO BASQUETE

A

Ataque

Pergunta: O que é jogada de ataque e quantas existem? Lucas em 17 de outubro de 2007.

Resposta: São movimentações coletivas de ataque previamente treinadas com o objetivo de facilitar as cestas de ataque e dificultar o trabalho defensivo da equipe adversária.
Cada treinador utiliza a quantidade e o tipo de jogadas de acordo com a sua filosofia de jogo.
Podemos criar uma a cada momento se quizermos.
Existem centenas de jogadas, mas o importante é o "como" elas são executadas no jogo.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Armadilhas - "Trap"

Pergunta: Como preparar armadilhas no ataque e como treinar a defesa para bloqueá-las? Genilson em 1 de setembro de 2007.

Resposta: O"trap" ou armadilha é criado pela marcação 2x1.
Dois jogadores da defesa marcam em "L" um adversário com a bola, obrigando-o a parar de driblar e dificultando ou impedindo o passe do mesmo.
Existem posições estratégicas para o trap, utilizando-se as linhas laterais e de fundo como jogadores adicionais da defesa. Por isso, os 4 cantos da quadra de ataque são os melhores lugares para armadilhas.
Os 3 demais jogadores da defesa devem ficar posicionados nos 3 possíveis ângulos de passe para o provável roubo de bola.
Os atacantes devem evitar o trap através de decisões rápidas, evitando permanecer muito tempo nestas posições ou parar de driblar sem um objetivo definido.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Armador

Pergunta: Qual o treinamento ideal para qualificar um armador? Dilckson em 2 de abril de 2007.

Resposta: Treine muito controle de bola, drible e arremesso desde uma cabeça do garrafão até a outra.
Utilize duas bolas ao mesmo tempo, seja mais rápido a cada dia.
Combine dribles diferentes, por exemplo: in-out, entre-pernas, por-trás.
Faça bandeja de todas as formas possíveis, fugindo dos bloqueios.
Treine a precisão e todas as formas de passes.
Utilize ambas as mãos com eficiência, pois armador com uma mão fraca é um suicídio para qualquer time.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Armador

Pergunta: Um bom armador é aquele que faz mais pontos ou que dá mais assistências? Venâncio - 18/8/09

Resposta: O bom armador é aquele que sabe decidir em que jogo deve pontuar e em qual assistir os seus companheiros. De qualquer forma, deve ser muito preciso em ambos os fundamentos, além de possuir um ótimo controle de bola.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Armador

Pergunta: Eu gostaria de saber qual a preferência para um armador, um armador com 1,90m que é lento ou um armador com 1,60m rápido, sendo ambos infanto-juvenis? (Jonathan - 25 de janeiro de 2010)

Resposta: Quando olho para um atleta infanto-juvenil tenho que ver o seu futuro.
Não podemos exigir o máximo nesta categoria, por isso não temos armadores com altura compatível internacionalmente.
Se o treinador é imediatista, logicamente irá preferir o atleta rápido ao lento, tendo em vista tanto a defesa quanto o ataque.
Se pensarmos no futuro profissional do atleta, o armador de 1,60m terá que ser "perfeito" para ganhar dinheiro com basquete.
É claro que se o de 1,90m não demonstrar evolução na sua velocidade física e mental não haverá motivo para apostar nele.
Até na NBA há jogadores de 1,60m, mas eles são perfeitos; e não ficaram assim porque tinham o dom; mas sim porque treinaram muito além dos outros.
Eles saltam mais, correm mais, driblam melhor, arremessam melhor, fintam melhor, pegam rebotes, fazem contra-ataques, se antecipam e roubam mais bolas, não levam tocos, defendem melhor e dão melhores assistências.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Armador

Pergunta: Um bom armador é aquele que faz mais pontos? Ou que dá mais assistências? (Venâncio – 18 de agosto de 2009)

Resposta: O bom armador é aquele que sabe decidir em que jogo deve pontuar e em qual assistir os companheiros. De qualquer forma, deve ser muito preciso em ambos os fundamentos.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Ala

Pergunta: Qual o melhor treinamento para ser um ala, melhor treinamento para qualificar um ala? Ricardo, em 22 de julho de 2008.

Resposta: Treine fintas com e sem drible. Arremesso após recepção de passe e parada de um tempo. Vá até o fundo e retorne para o chute. Vá até o meio da quadra e retorne para o chute. Arremesso após drible e parada de um tempo e de dois tempos, fade away (jogador arremessa saltando para trás), back step (passada larga para trás após o drible e jump). Penetração com bandejas diversas e enterradas. Esteja sempre em posição de tripla ameaça ao receber a bola e aprenda a tomar a decisão mais acertada (arremessar?passar?driblar?).

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Altura

Pergunta: Qual é a altura mínima para um armador infanto-juvenil? (Jonathan - 22 de dezembro de 2009)

Resposta: Cada jogador tem que se responsabilizar pela marcação de um adversário. Se ele for maior 10 cm ou mais, ficará difícil marcá-lo. A envergadura é muito importante neste caso (medida de ponta de dedo a ponta de dedo com os braços na horizontal). As medidas da altura e da envergadura de todos os atletas do time devem ser sempre conhecidas dos respectivos técnicos. O jogador baixo pode superar esta limitação com técnica, maior capacidade de salto e velocidade. Ou seja, tudo é muito relativo, pois vemos jogadores com menos de 1,80m jogando na NBA.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Arremesso de três pontos

Pergunta: Qual o melhor treinamento para ganhar força pra chute dos 3 pontos? (Caio – 10 de outubro de 2009)

Resposta: A força no arremesso vem das pernas e a precisão vem do braço e dos dedos da mão. Aprenda a fazer os movimentos corretamente. Arremesse a bola para o alto, fazendo-a quicar um metro à sua frente. Se ela voltar às suas mãos sem que mova as pernas e o tronco, estará no caminho certo. Aprenda a arremessar bem de perto primeiro e vá se distanciando à medida que sua eficiência chegue a 80-100%. Para um bom arremesso, precisa de quatro coisas: 1. Equilíbrio 2. Cotovelo embaixo da bola 3. Olho no alvo (um ponto do aro) 4. Seguir a bola com o braço e os dedos indicador e maior da mão que arremessa.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Treinamento de Arremesso

Pergunta: Vou ministrar um treinamento e gostaria de citar exemplos do tipo: quanto tempo um jogador treina o mesmo arremesso em um treino? (Mª Joana – 4 de outubro de 2009)

Resposta: Todo jogador deve ter seu treino individual, independente do técnico. Neste momento, deverá aperfeiçoar todos os seus fundamentos e ambas as mãos. No caso do arremesso, 500 arremessos por dia é um bom número, ou seja, 100 de cada uma das 5 posições relativas à tabela. Se um jogador não tem consistência no arremesso durante uma partida, fatalmente não poderá arremessar. A precisão e a consistência só vêm com muito treino individual e aperfeiçoamento da técnica.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Ataque contra zona

Pergunta: Como trabalhar um ataque se a defesa do adversário estiver 3-2? Victor, 29 de março de 2010.

Resposta: Se a defesa é 3-2, ela é também 2-3 e 1-2-2, dependendo da posição do homem do centro, avançado ou próximo da cesta. A esta arma defensiva se chama "zona canal". O importante são os princípios de ataque contra zona do lendário "Bob Knight". 1. Criar maioria em uma das zonas; 2. Passar a bola entre os mesmos dois companheiros por 3 vezes seguidas; 3. Utilizar o pivô de fundo, fazendo o "pêndulo"; 4. Utilizar o flash na altura do lance livre; 5. Driblar no gap, atraindo 2x1, criando oportunidade de passe para um companheiro livre de marcação. Geralmente, contra uma defesa 3-2, se joga 1-3-1 ou 1-4. O balanço defensivo é fundamental para evitar contra-ataques. Assim que há uma finalização no ataque, deve estar claro para cada um quem vai ao rebote de ataque e quem faz o balanço defensivo.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Armador

Pergunta: Sou armador. Como me tornar um melhor armador? Que treinamento? Bruno, 19 de junho de 2010.

Resposta: Defensivamente, como é o jogador mais avançado, um armador deve estar pronto para disparar em contra-ataque após a retomada da posse de bola, assim como a equipe deve estar preparada para passar-lhe a bola em condições de vantagem.
Deve motivar toda a equipe a defender, fazendo a sua parte, antecipando-se, jogando-se no chão pela bola, sofrendo falta de ataque, etc.
Ofensivamente, o armador deve ter o passe perfeito, isto é, no tempo certo, para o melhor companheiro posicionado, no ponto em que o arremesso ou penetração converta-se em pontos (assistência). Deve ter domínio de todos os passes, com duas mãos ou uma, de peito ou sobre a cabeça, picado ou direto, ponte aérea ou boliche.
Para que um armador seja efetivo na função de produzir assistências para a equipe, ele deve possuir total controle da bola, penetrações agressivas e arremessos precisos.
Um armador que tem uma mão fraca, vai perder a bola e possibilitar muitos contra-ataques. Treine sempre drible e arremesso com duas bolas ao mesmo tempo e com a cabeça erguida, olhando toda a quadra. Gire o pescoço para ter domínio de toda a quadra, para que não perca oportunidades. Sem a preocupação com o drible, já automatizado, o armador fica apto ao passe perfeito.
Um armador, que não chuta ou penetra a defesa adversária, dificulta a desmarcação dos companheiros.
Enfim, tente ser um jogador completo. Para isso, também vai necessitar ser um ótimo atleta, rápido, forte e bom saltador. Parece muita coisa, mas só conseguirá chegar onde quer treinando mais que a média e sozinho. O treino coletivo é básico para qualquer equipe, mas aquela em que seus atletas treinam sozinhos levará enorme vantagem.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Andada e Lateral

Pergunta: 1-AO FAZER A COBRANÇA DE FALTA NA LATERAL, QUAL A DISTÂNCIA DO ADVERSARIO DEVE FICAR PARA QUE O JOGADOR PASSE A BOLA AO SEU COMPANHEIRO?
2- O QUE É PASSOS? QUANTOS PASSOS PODE DAR COM A BOLA? Matilde, 22 de julho de 2010.

Resposta:O adversário tem que estar dentro da quadra, caso contrário, mesmo que toque a bola, nenhum benefício produzirá para a sua equipe. Se houver espaço fora das linhas limite da quadra, o jogador de posse da bola deve afastar-se o suficiente de seu adversário para que tenha ângulo de passe para algum companheiro. Caso este espaço não exista, o adversário deve ser afastado pelo árbitro, cerca de um braço esticado em relação à bola, para que o lateral seja batido.
Andar com a posse de bola só é permitido nos seguintes casos:
a. Após o drible, seguro a bola e dou um ou dois passos, para arremessar, fazer bandeja ou passar a bola;
b. Após receber um passe em movimento, seguro a bola e idem ao anterior.
Se o atleta para de driblar, não poderá driblar novamente, exceto se um adversário tocar na bola e a mesma retornar à sua posse.
No caso de posse de bola parado, o atleta deverá manter o pé de apoio no chão, caso contrário cometerá a infração da andada.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Armador

Pergunta: Sou ala, mas tenho muita curiosidade de jogar de armador. É possivel eu exercer as duas funções? Como devo treinar para as duas posições? Lekon, 20 de agosto de 2010.

Resposta: Infelizmente, não damos a devida intensidade ao treinamento de defesa 1x1, assim como, dos diversos dribles, fintas e passes. O foco dos treinamentos são, quase sempre, o arremesso e as jogadas de ataque. O armador tem que ter elevadíssimo controle do corpo e da mente, conhecer e dominar todos os tipos de drible, fintas, passes e arremessos precisos, para que, a todo momento do jogo, tenha a tranquilidade de transformar a maioria de seus passes em assistências (passe seguido de cesta sem contestação do adversário). Seus dribles em direção à cesta devem ser extremamente agressivos e mortais, seguidos de cesta ou assistência. Seus arremessos devem ocorrer em momentos muito bem selecionados, além de ter alto percentual de aproveitamento. O armador dita o ritmo do jogo, mantém sua cabeça erguida e girando continuamente, de tal forma, que está apto a decidir pelo melhor para o time a cada segundo, seja com a bola nas mãos ou não. Deve saber quando ir ou não ao rebote defensivo, para poder disparar e receber um passe longo, seguido de bandeja. Deve ser rápido nos deslocamentos laterais na posição básica de defesa, anulando o armador adversário. Ele deve, também, dificultar ao máximo e brigar pela recepção de passes ao adversário, mantendo sempre contato físico com ele. Por fim, mas não por isso menos importante, deve ser um líder, ter ótima leitura do jogo e , tanto na defesa quanto no ataque, antecipar-se sempre ao adversário; pois quem só reage já perdeu o jogo!

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Armador

Pergunta: Um bom armador deve ter que estatisiticas em um jogo para estar em destaque? Renan, 16 de outubro de 2010.

Resposta: Ele deve apresentar bons números de roubadas de bola, assistências e aproveitamento nos arremessos, com ótima seleção de arremessos.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Avaliação física do defensor

Pergunta: Quais são as ações motoras que devem ser analizadas, para se avaliar a performance de um defensor? Moisés, 2 de março de 2011.

Resposta: EXPLOSÃO, FORÇA FÍSICA, VELOCIDADE / ATLETICISMO, PESO, ENVERGADURA, PLIOMETRIA / ENERGIA APLICADA, GARRA, JOGO DE CONTATO / ANTECIPAÇÃO, MOBILIDADE, TRABALHO DE PERNAS, COMUNICAÇÃO.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Altura do aro ao piso

Pergunta: como é feita a medida da altura da cesta? Começo do chão e vou até a parte superior do aro? É isso? Waldemir, 15 de maio de 2011.

Resposta: o ideal é que se tenha uma régua de madeira (gabarito) com um "L" ou um gancho na ponta superior. A medida entre a parte que se apóia no aro (L) e a extremidade inferior da régua tem que ser de 3,05m. Pendura-se a mesma no aro para verificar se a altura está correta ou não. Então, ajusta-se a altura da cesta ou da tabela.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

B

Bandeja

Pergunta: Qual é a melhor forma de bandeja em um contra-ataque, sendo que o pivô está vindo logo atrás de mim? Qual o melhor tipo de bandeja quando eu estou infiltrando numa defesa? Venâncio, 18 de agosto de 2009.

Resposta: Os Pivôs, por sua envergadura, gostam de dar toco, portanto, terá três opções de bandeja:
1. De força - parada de um tempo, finta e salto com as duas pernas seguido de arremesso curto, depois de o pivô ter passado por você.
2. De dois tempos - finta a bandeja com a mão numa posição até o pivô tentar o toco, trocando o avanço da mão ou o lado da bandeja no ar, ou mesmo trocando de mão no ar.
3. Enterrada, sempre olhando para o aro. É comum se errar a enterrada quando não se olha para o aro.
OBS: Tentar sempre o AND1, ou seja, a cesta seguida de 1 lance livre.
Numa penetração, no jogo 5x5, não é comum haver bandeja, mas sim o "back-step" (passada para trás) seguido de arremesso em "fade-away"(saltando para longe da cesta), como fazia Michael Jordan magistralmente. Se a bandeja for possível, faça-a com troca de mãos no ar em dois tempos ou, se possível, enterre.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bloqueio

Pergunta: Eu não jogo. Sou uma aluna de educação física. Nosso professor não explicou muita coisa sobre bloqueio e pediu que pesquisássemos para apresentar um trabalho. Gostaria de saber tudo sobre bloqueio, não encontrei muita coisa, se vocês tiverem artigos ou qualquer coisa que fale sobre bloqueio, enviem pra mim. Gracielle, 17 de abril de 2010.

Resposta: Existem basicamente dois tipos de bloqueio: um defensivo e outro ofensivo. O bloqueio defensivo é um fundamento individual que deve ser utilizado no momento do rebote de defesa com a finalidade de dificultar ou impedir que um determinado adversário retome a posse de bola. Ele consiste em ficar equilibrado, com joelhos flexionados, de costas para o adversário e de frente para a cesta, a fim de ter a oportunidade de pegar o rebote em vantagem. O bloqueio ofensivo é um fundamento coletivo e envolve pelo menos dois companheiros de ataque e seus respectivos defensores. Um dos objetivos deste bloqueio é criar uma vantagem do atacante, ao posicionar-se entre um adversário e a cesta. Outro é o de liberar um companheiro sem a posse de bola de uma marcação dura. O bloqueio de ataque pode ser direto ou indireto. No direto, um atacante se posiciona entre o marcador de seu companheiro e a cesta, estando este companheiro com a posse de bola. No indireto, o bloqueio é feito para o companheiro sem a posse de bola, podendo ser entre o defensor e a cesta ou não. O bloqueio direto é a primeira fase de um dos principais fundamentos coletivos de ataque, chamado de pick-and-roll. A segunda fase do pick-and-roll é o corta-luz, no qual o atacante com a bola passa tão perto pelo companheiro que bloqueia o seu marcador que "nem a luz" consegue passar entre os dois. Isto obriga a defesa a trocar os marcadores, criando assim a vantagem de posição do atacante que faz o bloqueio e aquele que passou a defendê-lo. Imediatamente após a troca de marcadores, o atacante com a bola faz um passe picado para o companheiro que fez o bloqueio, o qual, por estar em vantagem em relação à cesta, poderá penetrar ou arremessar com liberdade. Por sua vez, o pick-and-roll pode ser para dentro, visando a penetração do bloqueador, ou para fora, visando o arremesso do bloqueador. Alguns treinadores definem o basquete em duas palavras: defesa e pick-and-roll.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bandeja

Pergunta: Por que a aprendizagem da bandeja é fundamental ao praticar basquete? Lucas, 28 de setembro de 2010.

Resposta: O jogo é feito de fundamentos individuais e coletivos, de ataque e de defesa. A bandeja é um dos fundamentos do jogo de basquete e, sem este, feito com a esquerda ou com a direita, com a mesma precisão e rapidez, não se pode dizer que se é jogador de basquete. As bandejas podem ser diretas, reversas, em dois tempos, com troca de mãos, enterrada, etc. Vale a criatividade!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bloqueios direto e indireto

Pergunta: O que é o bloqueio direto e indireto? Joaquim, 2 de março de 2011.

Resposta: O bloqueio direto é aquele feito para o companheiro que está com a posse de bola (parte fundamental do pick and roll), enquanto o indireto é aquele feito também no ataque, porém, para um companheiro sem a posse de bola.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

C

Condicionamento físico

Pergunta: QUAIS SÃO AS CAPACIDADES FISICAS MAIS IMPORTANTES DENTRO DESTA MODALIDADE? QUAIS DELAS É A MELHOR PARA TRABALHAR COM CRIANÇAS? VIVIANE em 17 de agosto de 2007.

Resposta: FORÇA, FLEXIBILIDADE, EXPLOSÃO E VELOCIDADE.
COM AS CRIANÇAS, O FOCO DEVE SER A VELOCIDADE E A FLEXIBILIDADE.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Condicionamento físico

Pergunta: Dependendo do ritmo de um jogo, o atleta apresenta maior canssaço no terceiro e quarto quarto, como em treinamento podemos corrigir isso? Se nos primeiros quartos de jogo isso nao aparece com frequencia? Vitor em 19 de junho de 2007.

Resposta: Apesar do basquete ser um esporte tido como anaeróbico, na verdade, é também aeróbico.
Verificamos uma sequência de numerosos esforços anaeróbicos no jogo, durante quase duas horas.
Devido a isto, podemos sugerir algumas causas do problema enfrentado em sua equipe.
1. Os treinos não são diários, impedindo a evolução da resistência aeróbica.
2. Não há substituições nos jogos, exigindo-se muito de determinados atletas.
3. O ritmo dos treinos não é compatível com o de jogos, acelerando o desgaste dos atletas no segundo tempo.
4. O trabalho de musculação não está bem dosado, podendo estar fraco ou forte demais, prejudicando o rendimento dos atletas.
5. A qualidade da alimentação antes de jogos podem reduzir drasticamente o rendimento dos atletas.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Contra-Ataque - Transição

Pergunta: Estou participando de uma liga de basquete , minha equipe e a mais baixa da competiçao, na categoria infanto juvenil (ate 17 anos feminina), nao perdi um jogo ainda, mais eu queria melhorar a parte de transiçao de contra ataque e velocidade da equipe, e maracaçao pressao, como posso fazer? Carlos em 21 de abril de 2007.

Resposta: Não sei se já tem o conceito de "finisher" ou bandejeiro no time.
A idéia é marcar o armador adversário com o seu jogador mais rápido, o qual não terá responsabilidade com o rebote de defesa.
A sua função será chegar ao ataque antes do adversário sempre que a bola mudar de posse.
Os demais deverão passar a bola para este jogador para o maior número possível de cestas fáceis.
Faça 2 em 1 nos cantos da quadra assim que a bola passar da defesa para o ataque adversário.
Defenda o primeiro passe adversário, impedindo o contra-ataque.
Todos devem saber quem vai ao rebote de ataque e quem não vai deve manter o controle do balanço defensivo.
A marcação pressão tem como objetivo dificultar o passe. O roubo da bola deve ser no momento do passe, através da antecipação.
A defesa deve agir e não apenas reagir.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Contra-Ataque

Pergunta: Em um contra ataque ocorre um bloqueio no caso eu paro com a corrreria seguro a bola,posso quicar e prosseguir o jogo normal ou devo passar a bola ou arremesar...Qual a forma certa? Lívio em 12 de fevereiro de 2007.

Resposta: Não deve haver correria no contra-ataque.
O contra-ataque deve ser treinado, pois é uma tática ofensiva coletiva.
Sempre que houver maioria no ataque, deve-se prosseguir para a cesta no contra-ataque, caso contrário arma-se o 5 contra 5.
Passar, driblar ou arremessar são opções que dependem do momento do jogo e das condições e posicionamento dos jogadores.
Se algo fugir do padrão treinado, procure fazer sempre o melhor para o time.
Não arremesse marcado, de longe e sem rebote.
Não drible sem um objetivo.
Não passe a bola olhando para o recebedor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Carreira de jogador

Pergunta: Gostaria de saber se aparecesse um menino de doze anos, considerado por muita gente um verdadeiro craque no basquete, esse menino poderia jogar entre adultos, participar de jogos oficiais, ser contratado por algum time e pela seleção, mesmo com a pouca idade ou não? (Sueli - 25 de dezembro de 2009)

Resposta: Qualquer profissão, mesmo a de jogador de basquete, deve começar na hora certa. Os craques podem ganhar muito dinheiro, mas precisam se dedicar muito aos treinos até que chegue a hora certa. Não adianta ter nascido com talento apenas. É preciso amadurecer na hora certa, física, técnica e psicologicamente, trabalhando com bons profissionais nas diversas categorias para atingir esta meta. A promessa já é um início, mas há um longo caminho pela frente. Ganhar dinheiro nesta idade não irá ajudar, muito pelo contrário. Sei que no nosso país isto não pode ser desprezado, mas não é o caminho dos vitoriosos como profissionais. Procure um clube para que ele comece a participar de campeonatos oficiais.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Conceitos Ofensivos e Defensivos

Pergunta: Estou treinando uma equipe e tenho muitas dúvidas, pois estou há muito tempo parado. Gostaria de saber sobre o conceito de ataque que o auxiliar da seleção fala sempre. Estive assistindo uma palestra dele aqui na cidade só que não tive tempo de perguntar e, se possível, gostaria de aprender a marcar 3-2. Haveria uma chance de me ensinarem? (J. Teixeira – 12 de outubro de 2009)

Resposta: A maioria dos ataques de equipes brasileiras é baseada num armador, dois alas e dois pivôs. Por isso, os treinadores utilizam a marcação 3-2 para executar o que chamam de match-up, ou seja, onde há um atacante, há também um defensor, igualando o número de jogadores nos espaços estratégicos da quadra. Esta é uma marcação por zona, porém, ela confunde o adversário, fazendo-o pensar que está sendo marcado individualmente. As armadilhas ou 2x1 nas laterais são muito utilizadas nesta defesa. As ajudas e rotações defensivas são de crucial importância para qualquer marcação por zona. Veja em nosso livro, os Dez mandamentos do basquete Moderno, do prof. Waldir Boccardo, os cinco princípios do ataque contra zona. Se a sua marcação contemplar uma forma de neutralizar estes cinco princípios (Bob Knight), a sua defesa será um sucesso.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Contra-ataque - Treinamento de velocidade e explosão

Pergunta: Qual o melhor treino para condicionamento físico, para armador com 1,78? E qual e o melhor treino para contra ataque rápido em velocidade e explosão? (Venâncio – 3 de outubro de 2009)

Resposta: As palavras chave para você são velocidade, explosão e controle do corpo e da bola. O controle do corpo te permitirá alterar direção, sentido, velocidade, parar e arrancar rápido. O controle de bola é fundamental para o armador não precisar se preocupar com ela, mesmo nas situações mais pressionadas, mantendo o controle das posições de seus companheiros. Com isso, não só criará oportunidades de assistência como também não as perderá. Treine velocidade 3 vezes na semana. Corrida de frente, de costas e deslizamento lateral com contagem de tempo, entre as laterais da quadra. Tente fazer ida e volta, duas vezes, em 10 segundos. Treine exercícios de pliometria com peso 3 vezes na semana, alternadamente. Veja como em nosso site, na parte de treinamento físico.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Categorias de Base

Pergunta: Gostaria de saber as idades das categorias do basquetebol válidas para o ano de 2010. Estamos querendo montar equipes em minha cidade, mas faltam informações. Sandro, 6 de fevereiro de 2010.

Resposta: Segundo o regulamento do campeonato de base da FBERJ (Federação de Basketball do Estado do Rio de Janeiro) de 2010, as categorias são limitadas pelos anos de nascimento abaixo:
PRÉ-MIRIM - 1999 e 2000 (quem completa neste ano 10-11 anos);
MIRIM - 1997 e 1998 (quem completa neste ano 12-13 anos);
INFANTIL - 1995 e 1996 (quem completa neste ano 14-15 anos);
INFANTO-JUVENIL - 1993 e 1994 (quem completa neste ano 16-17 anos);
JUVENIL - 1991 e 1992 (quem completa neste ano 18-19 anos).
Existe também o torneio Sub-14, visando a seleção estadual da categoria.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Características de defesas

Pergunta: Quais são as características das defesas: individual, por zona e pressionada? Karla, 4 de abril de 2010.

Resposta: Basicamente, existem três tipos de defesa coletiva no basquete:
1. Individual
2. Por Zona
3. Mista
A defesa individual visa o adversário e cada defensor tem a responsabilidade de marcar um determinado adversário. A defesa por zona visa determinadas áreas da quadra de defesa, sobre as quais cada marcador tem a responsabilidade. A defesa mista apresenta jogadores marcando por zona enquanto outros marcam individual. Os tipos de defesa por zona dizem respeito ao posicionamento de cada atleta ou conjunto de atletas em relação à cesta, contando do centro da quadra para a cesta. Por exemplo: na zona 3-2 temos 3 defensores na linha do lance livre, enquanto os outros dois permanecem mais próximos à cesta.
As defesas mistas podem ser:
a. triângulo (três jogadores marcando por zona em forma de triângulo) enquanto os outros dois marcam individual, no caso de excelentes arremessadores.
b. Box ou quadrado (quatro jogadores marcando por zona em forma de quadrado) enquanto o outro marca individual, no caso de um craque adversário.
Lembre-se de que o importante não é o tipo de defesa adotada, mas sim o "como" se executa a defesa.
A defesa pressionada é uma defesa muito arriscada contra uma equipe habilidosa. Ela pode ser individual ou por zona e o ponto de pegada pode ser quadra toda, 3/4 de quadra, 1/2 quadra ou na linha dos 3 pontos. Ela é utilizada para gerar contra ataques rápidos, mas também pode gerar cestas fáceis do adversário.
Este tipo de defesa deveria ser proibido nas categorias de base, pois não permite a uma equipe menos habilidosa jogar e aprender basquete. Além disso, é um péssimo espetáculo para o público que assiste.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Códigos das defesas por zona

Pergunta: Poderiam explicar-me: 2-1-2, 3-2 e 2-3? Larissa, 9 de abril de 2010.

Resposta: No caso da defesa por zona, cada um dos 5 jogadores é responsável por uma área. Estas áreas são círculos de aproximadamente 3 metros de raio. Elas são denominadas por 2-3, por exemplo, pois existem 2 jogadores avançados e 3 jogadores numa linha imaginária paralela à linha de fundo e um pouco à frente da cesta. Na prática, não há diferença entre estas defesas por zona: 2-1-2, 3-2 e 2-3, pois tudo não passa da variação do posicionamento do marcador central (mais ou menos avançado em relação à cesta).

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Comportamento do atleta

Pergunta: Como os jogadores de basquete devem se comportar adequadamente dentro da quadra? Tamaya, 17 de abril de 2010.

Resposta: Como, na maior parte do tempo de jogo, o atleta fica sem a posse da bola, a equipe que souber tirar mais vantagem dessa realidade terá mais êxito do que aquela em que os jogadores só se "ligam" quando estão com a bola. O comportamento, tanto no ataque quanto na defesa, deve ser de entrega total à vitória do coletivo, da equipe, do time, e a palavra chave para isso é antecipação.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Controle de bola

Pergunta: Eu queria saber o que eu tenho que fazer pra eu ter melhor drible? Qual treinamento tenho que fazer? Para um ala, o que é importante ter? O que vc passaria pra um ala com quase dois metros de envergadura e 1,85m de altura fazer? Tenho um bom arremesso, uma base de 28 acertos em 30, além de boa impulssão. Com base nessas informações, o que poderia ser trabalhado? Vinicius, 21 de abril de 2010.

Resposta: O controle de bola é o fundamento mais treinado pelos americanos, pois sem ele não se chega ao arremesso. Dependendo da defesa adversária, o rendimento do arremesso cai, o que só poderá ser superado com excelente controle de bola. O treino com duas bolas ao mesmo tempo é fundamental. Dribles baixos e rápidos, por entre as pernas, por trás do corpo, o crossover, as fintas de drible, etc. Há muita coisa em nosso canal no youtube que pode ajudar. Veja no menu de nossa página em links para basquete. Continue treinando arremesso e impulsão, mas faça-o em condições de jogo, como se tivesse um marcador grudado em você. Treine arremesso em movimento, ou seja, após drible com parada de um tempo e dois tempos. Vise sempre a cesta, seja agressivo e trabalhe o desequilíbrio do seu marcador, forçando a penetração pelo lado em que o pé dele estiver mais avançado. Proteja bem a bola para chamar a falta. Tente bater o máximo de lances livres por jogo.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Contra-Ataque

Pergunta: O que é Contra-Ataque? Caroline, 29 de junho de 2010.

Resposta: O contra ataque é definido como um ataque rápido, no qual há maioria de atacantes contra defensores nas proximidades da cesta. Por exemplo: 1x0, 2x1, 2x0, 3x2, 3x1, etc. Para que o contra ataque ocorra, será necessário que a equipe defensora assuma a posse de bola e avance com o máximo de rapidez, de forma organizada, para o ataque, criando a superioridade numérica. Pode haver contra ataque após cesta adversária, desde que o defensor mais adiantado esteja em vantagem com relação ao seu marcador e aquele que bate o fundo bola faça um passe longo perfeito. Por isso, nunca se deve dar a saída de bola atrás da tabela, mas sim, em uma das laterais da mesma. O contra ataque é produzido com maior frequência por equipes que defendem bem, forçam e interceptam passes mal executados da equipe adversária. Há treinadores que, mesmo que sua equipe tenha perfeitas condições de executar contra ataques, preferem jogar o 5x5 sempre. No final de jogo, se a sua equipe está em vantagem no marcador, aconselha-se a gastar os 24 segundos e evitar o contra ataqu.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Defesa combinada

Pergunta: O que é uma defesa combinada? Ederson, 19 de setembro de 2010.

Resposta: Defesa combinada ou mista é aquela que se utiliza tanto da marcação por zona quanto da marcação individual, como, por exemplo: triângulo (3 marcam zona e dois individual) e quadrado ou Box (4 marcam zona e 1 marca individual).

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Contra-ataques Primário e Secundário

Pergunta: Olá...estou me graduando no ensino superior e preciso de ajuda no meu trabalho de basquete. Gostaria de saber o que é contra-ataque direto e indireto. Jéssica, 06 de maio de 2011.

Resposta: Existem os contra-ataques primário e secundário. O primário é aquele em que há um ou dois passes até a cesta. Os jogadores mais lentos e altos não participam dele na quadra de ataque. Caso o contra-ataque primário não seja convertido, inicia-se o secundário com a chegada dos pivôs, em seqüência. O secundário é aquele em que o os pivôs fazem papel de trailers (1 e 2), seguindo o contra-ataque primário que não é convertido. Assim que cada um chega ao garrafão adversário, com a defesa ainda desorganizada, um deles recebe a bola de uma das laterais e parte para a bandeja ou enterrada.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Controle do Corpo

Pergunta: Sou estudante de educaçao fisica, pesquisando algo sobre manejo de corpo e gostaria de saber se vcs poderiam me informar algumas atividades para o ensino fundamental relacionada a manejo de corpo. Elton, 31 de outubro de 2011.

Resposta: Seguem alguns exercícios de manejo do Corpo sem bola ou controle do corpo:
. Posição básica (stance):
- joelhos flexionados e cabeça erguida
- pés na linha dos ombros
- mãos espalmadas na altura do peito
- calcanhar não toca o piso
. Paradas de 1 e 2 tempos seguidas de explosão
. Corrida com salto com uma perna e elevação do braço oposto a cada duas passadas
. Deslizamento frente (esgrima), costas e lateral (nunca cruzar os pés) e joelho da frente na direção do movimento
. Fintas de corpo (jab step agressivo na direção da cesta), jogo de cintura
. Corte em "V" e em "L"
. Giro de Pivô - giro 90º e 180º
. Correr em ziguezague com crossover (um pé passa sobre o outro) e reversão
. Mudança de velocidade, direção (crossover ou reversão) e sentido (giro de pivô)

-------------------------------------------------------------------------------------------------

D

Exercícios de Defesa

Pergunta: Gostaria de saber como é, quando e quais exercícios podem ser usados no sistema tático defensivo individual com ajuda. Mariana em 19 de outubro de 2007.

Resposta: A ajuda é parte integrante tanto da defesa individual quanto da defesa por zona.
A possibilidade de um companheiro ser batido obriga a isso.
Posicione seus jogadores em 2x2 e treine ajuda.
Quem marca o adversário sem a bola ajuda quando o outro companheiro é batido, enquanto o que foi batido passa a marcar o outro que ficou livre.
Inclua os fundamentos de bloqueio, corta-luz, deny, back-door e pick-n-roll.
Após a fixação desta técnica pelos jogadores, passe ao treinamento 3x3.
Assim por diante, até que chegue ao 5x5.
Movimente a bola e os jogadores, verificando se a defesa está compacta, executando ajudas, trocas e rotações adequadas.
O treinamento de defesa é o mais importante e mais trabalhoso.
Boa sorte!

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Defesa

Pergunta: eu quero saber como eu posso melhorar minha defesa? E qual é a melhor maneira de fazer os trabalhos? (Vinicius – 14 de setembro de 2009)

Resposta: A defesa é um fundamento coletivo, porém cada um deve saber a sua responsabilidade nela e como praticá-la. Uma coisa é marcar o adversário com a bola. Neste caso, siga os passos abaixo:
1. Obrigue-o a driblar;
2. Pressione-o a ir para uma das laterais da quadra; 3. Obrigue-o a parar de driblar; 4. Ao parar de driblar, dificulte o passe ao máximo, grudando nele, sem fazer falta; 5. Fale sempre com os companheiros que ajudam.
Outra coisa é marcar o adversário sem a bola. Neste caso, mais complexo, poderá seguir os seguintes passos:
1. Se o seu adversário é um craque, você não deve ajudar. Sua tarefa será impedir que ele receba a bola;
2. Forme o triângulo defensivo, posicionando-se de frente para o seu adversário, com um dos cotovelos no seu peito e a outra mão na linha entre a bola e ele. Não permita que ele corte pela sua frente. Não permita que ele receba passe, nem pela sua frente nem por trás de você (back-door).
3. Faça o bloqueio de rebote defensivo nela antes de ir ao rebote.
4. Antecipe-se ao ataque, roube bolas e faça contra-ataques.
5. Ataque na defesa. Não adianta reagir aos adversários, mas surpreendê-los sempre que possível.
6. Ajude seu companheiro que marca o adversário com bola.
7. Ajude seu companheiro que está ajudando o outro que marca o adversário com bola.
8. Fale, informe os bloqueios, os movimentos perigosos dentro do garrafão.
9. Participe ativamente das armadilhas de 2x1 e 3x1.
10. Saiba fugir para o contra-ataque seguido de bandeja, ao perceber que sua equipe vai roubar uma bola.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Defesa - Ataque - Rebote

Pergunta: Sou estudante do penultimo ano de educaçao fisica e ha mais ou menos dois meses montei um time de basquete de 13 a 16 anos gostaria que me enviasse algum material de dicas de como ensinar rebote e sistema defensivo e ofensivo. Rafael em 8 de junho de 2007.

Resposta: Rebote de defesa - bloqueio de rebote, a antecipação da trajetória da bola, o salto para a bola, o passe rápido para o contra-ataque.
Rebote de ataque - finta para sair do bloqueio de rebote, a antecipação da trajetória da bola, o salto para a bola, tapinha, passe para fora do garrafão (2a chance).
Sistema defensivo - marcação individual do adversário com e sem a bola. Posicionamento entre a bola e a cesta, entre a bola e o adversário e entre o adversário e a cesta (triângulo defensivo).
Sistema ofensivo - corte em "V" para receber passe livre de marcação, manter 5m de distância dos companheiros, passa e entra, balanço defensivo para evitar contra-ataque.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Importância da Defesa

Pergunta: Qual e importância da defesa para o basquetebol? Larissa em 30 de maio de 2007.

Resposta: A defesa é o ato de se impedir ou dificultar a cesta adversária.
A eficiência do ataque depende da qualidade da defesa adversária.
Conclusão:
A defesa é quase tudo numa partida de basquete.
Detalhe: Cada jogador fica muito mais tempo sem do que com a bola num jogo, o que confirma a tese acima.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Tipos de Defesa

Pergunta: Qual o tipo de defesa que tem menos falha? Qual é o melhor tipo de pressão? Roberto em 30 de abril de 2007

Resposta: O melhor tipo de defesa é aquela que os jogadores entendem, treinam e praticam nos jogos.
O treinador que possui uma filosofia de defesa clara tem vantagem sobre aquele que não tem.
O tipo de defesa é secundário.
O importante é como praticá-la.
O que o treinador tem em sua mente é secundário.
O importante é como sabe transmitir o seu conhecimento aos jogadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Táticas de Defesa

Pergunta: Gostaria de saber quais as táticas de defesa mais comuns com as devidas explicações de uso? (Jair – 11 de dezembro de 2009)

Resposta: As defesas mais comuns são do tipo INDIVIDUAL e por ZONA. A diferença básica entre as duas é que na INDIVIDUAL cada jogador da defesa é responsável por marcar um determinado jogador adversário, enquanto na por ZONA cada jogador é responsável por uma determinada área ou zona da quadra de defesa. A filosofia de jogo do treinador é que determina qual defesa deve ser utilizada. O importante não é o tipo de defesa, porém o "como" se pratica a mesma. As defesas por ZONA mais comuns são 2-3, 1-3-1 e 3-2. Existem também defesas combinadas, onde 1 ou 2 jogadores defendem INDIVIDUAL (adversários craques) enquanto os demais marcam ZONA (triangulo ou Box).

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Funções Táticas Defensivas

Pergunta: Quais as funções táticas defensivas no basquetebol? Vitória em 11 de abril de 2008.

Resposta: A defesa começa no ataque, evitando-se um arremesso mal feito numa hora errada.
O balanço defensivo é fundamental.
Impedir ou dificultar o primeiro passe (outlet pass) é muito importante.
Forçar a bola para as laterais.
Obrigar o adversário a driblar.
Obrigar o adversário a parar de driblar.
Fazer armadilhas, 2x1, utilizando as linhas de fundo e laterais da quadra como fatores de defesa.
Antecipar-se ao adversário, obrigando-o a fazer o que a defesa quer e não o que ele gostaria de fazer.
Ajudar o companheiro e recuperar a marcação do adversário.
Fazer o bloqueio de rebote defensivo.
Contestar todo arremesso sem ser batido.
Roubar bolas mal passadas.
Não fazer faltas desnecessárias. Fazer faltas necessárias.
Cavar a falta de ataque.
Entender os diversos sistemas defensivos: individual, zona, misto.
Comunicar-se na defesa para evitar que adversários fiquem livres de marcação.
Mover-se com o movimento da bola e não após a mesma chegar ao destino.
Ser agressivo sem ser faltoso.
Manter os cotovelos entre os joelhos e calcanhares fora do chão.
Executar o "sweevel", girando frequentemente o pescoço, para reduzir o "blind side" (zona cega).
Dentre outras!!!

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Defesa

Pergunta: Gostaria de saber qual a melhor defesa para se usar contra uma equipe de maior estatura, onde existam pivôs muito altas e rápidas? (Carlos - 11 de janeiro de 2010)

Resposta: Aconselho as seguintes estratégias: 1- As suas defensoras das pivôs devem ficar na ponta dos pés na defesa. 2- Tente carregar as pivôs adversárias de falta. Insista nas penetrações no ataque e bata muitos lances livres. 3- Marque individual, dificultando ao máximo o passe para as pivôs, tanto na adversária com a bola quanto na pivô adversária. 4- Dificulte o passe e roube bolas na defesa, propiciando muitos contra-ataques. 5- Tenha uma bandejeira, a sua jogadora mais rápida, que não vai ao rebote defensivo e dispara para receber um passe em contra-ataque. 6- Force a falta de ataque das pivôs adversárias. Treine isso. 7- Impeça as pivôs de entrarem no garrafão. Ali é a sua "casa" e elas são as "bandidas". A sua tarefa é muito difícil, mas desejo sucesso.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Dúvidas básicas

Pergunta: 1- O que indica se uma equipe está no ataque ou na defesa? 2- Qual a diferença entre técnica e tática? 3- O que caracteriza a ação ofensiva de uma equipe? Edson, 3 de abril de 2010.

Resposta: A equipe que está com a posse de bola, automaticamente estará no ataque, enquanto a outra estará na defesa. A técnica é formada por todos os fundamentos que um atleta pode aprender e aprimorar sempre. A tática é a aplicação de uma ou mais técnicas, por um ou mais atletas durante o jogo em si. O objetivo coletivo de converter a cesta contra o adversário.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Draft da NBA

Pergunta: O que e um draft? Como é a seleção dos jogadores? Quando ele acontece..e aonde? Vinicius, 28 de abril de 2010.

Resposta: O draft é a seleção de novatos para a NBA e acontece na pré-temporada, no final de junho de cada ano. Cada equipe tem o direito a duas escolhas e a ordem destas escolhas obedece um critério que estimula o fortalecimento de equipes com pior desempenho na temporada anterior. Os agentes destes jogadores os inscrevem numa lista apropriada. O atleta deve ter idade entre 18 e 22 anos completados na data do evento. Geralmente, a cerimônia do DRAFT é em Nova York, no Madison Square Garden.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Defesa

Pergunta: Como iniciar um trabalho de defesa com atletas de 11 a 13 anos? Passo a passo da iniciação. Aline, 23 de maio de 2010.

Resposta: 1. Ensine a defesa individual, iniciando com 1x1; 2. Obrigar o adversário a driblar; 3. forçá-lo para a lateral da quadra, de preferência para o lado de sua mão fraca; 4. forçá-lo a parar de driblar; 5. se parar de driblar, grudar no adversário, dificultando o máximo possível, sem falta, o passe ou o arremesso; 6. havendo passe, marcá-lo de frente, com o olho na bola e a visão periférica no adversário, impedindo que ele receba a bola confortavelmente, além de impedir o "back-door"; 7. se houver arremesso após o drible, faça bloqueio de rebote no adversário, para só depois partir para tentar a posse de bola.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Defesa individual 1x1

Pergunta: Eu gostaria de saber um exercício para eu poder melhorar na marcação. Sempre quando eu vou no jogador com a posse da bola e vamos pra corrida eu não aguento acompanhá-lo. Luigi, 17 de setembro de 2010.

Resposta: Além do treinamento físico de explosão e trabalho de pernas, o segredo está na palavra: ANTECIPAÇÃO! Quem só reage à ação do adversário, nunca conseguirá marcá-lo. Não deixe o adversário fazer o que ele quer. Obrigue-o a fazer o que vc quer. Não reaja, antecipe-se, deixe-o sempre desequilibrado, impeça-o de receber a bola, force a sua mão fraca no drible e na penetração, mude a trajetória dos movimentos dele, enfim, dite as regras do jogo. A defesa deve ser agressiva sem ser faltosa, de tal forma que, num próximo jogo, o adversário pense: Caramba! Vou ter que enfrentar aquele chato de novo, o tempo todo?

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Drible

Pergunta: Como ter um bom domínio de bola? Cassamo, 28 de março de 2011.

Resposta: Treinar muito com duas bolas ao mesmo tempo, variando velocidade, quicando juntas e alternadamente.
Saber todos os dribles pelo nome, como: piano, cruzado entre pernas, cruzado pela frente, cruzado por trás, de força, reversão, fintas, hesitação, etc.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

E

Estatística

Pergunta: Eu quero saber as estatisticas do basquetebol
nome: Murilo, 1 de outubro de 2008.

Resposta: As estatísticas mais usadas (CBB) são as seguintes:
TEMPO - minutos e segundos jogados;
3 PONTOS / 2 PONTOS / LANCE LIVRE (CE - certos / TT - tentados / % - percentual de acerto)
PTS - pontos
REBOTE (DE - defesa / AT - ataque / TO - total)
BLO - bloqueios
REC - recuperações ou roubos de bola
AST - assistências
ERR - erros (bolas perdidas + violações)
FAL - faltas
ENT - enterradas
EFI (EFICIENCIA) = (PTS + REB + BLO + REC + ASS) - (Arr. errados + ERR)

Os números acima, coletados durante um jogo, são de vital importância para as decisões do treinador, bem como para o aperfeiçoamento dos próprios atletas.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Estatística de jogo

Pergunta: Tenho que fazer um trabalho da faculdade da matéria de basquete... tenho que analisar um jogo e fazer uma estatística tipo um relatório... sobre manejo de bola, controle de corpo, rebotes, passes certos e errados... pode me ajudar? Yara, 18 de abril de 2010.

Resposta: Crie uma planilha simples e imprima para a hora do jogo. Ela tem que ter um formato que permita a você sozinha fazer a coleta de dados e anotá-los, ao mesmo tempo, sem que perca a atenção no jogo. A estatística deverá apresentar números, portanto, quantifique tudo o que deseja e possa.
Não acredito que uma pessoa sozinha consiga analisar todos os atletas de um jogo. Por isso, eleja uma equipe.
Alguns exemplos de variáveis a serem quantificadas são: posses de bola por quarto e totais, pontos por quarto e totais, totais de arremessos de 3 pontos, de 2, de lance livre, erros de arremessos de 3, de 2 e de lance livre, erros por controle de corpo, erros de passe, erros de drible, de falta de ataque, erros de rebote defensivo.
Leve em conta que erro significa sempre a perda da posse de bola da sua equipe, enquanto o rebote de ataque significa uma nova posse de bola da mesma.
No final, a conta do relatório terá que fechar, ou seja, quantos pontos a equipe faria se não errasse e quais erros cometeu para fazer apenas os pontos totais apurados? Daí se tira o que deve ser melhor treinado pela equipe para melhorar para o próximo jogo.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enterrada

Pergunta: Eu tento enterrar mas não consigo. Bato com o pulso no aro, mas a bola sempre escapa. É preciso ter mão grande para segurar a bola com uma mão só? Lekon, 13 de agosto de 2010.

Resposta: A bandeja tipo enterrada é considerada de alto risco para os atletas, principalmente no momento do retorno ao piso. Caia sempre com os dois pés ao mesmo tempo e não treine enterrada em pisos duros, para não causar lesões futuras nas articulações dos joelhos e tornozelos. Pelo que diz, já salta o suficiente para enterrar a bola, mas pode estar cometendo um erro comum entre os atletas de não olhar para o aro no momento em que enterra. O seu melhor treinador é você mesmo. Procure manter a visão no aro enquanto enterra e descobrirá o que está fazendo errado. Geralmente, o medo da queda faz o atleta olhar para baixo enquanto enterra. Aprenda primeiro a cair com segurança e boa sorte!

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Erros de drible

Pergunta: Cite os principais erros cometidos na hora de realizar drible no basquete. Ana, 13 de setembro de 2010.

Resposta: Alguns dos principais erros no drible: . tocar a palma da mão na bola . olhar diretamente para a bola . conduzir a bola, segurando-a por baixo . dar mais de um passo, em movimento, com a bola e sem driblar . só saber driblar com uma das mãos . tirar o pé de apoio do chão após parar de driblar . desconhecer todos os tipos de drible . driblar sem um objetivo e sem necessidade . driblar para um dos 4 cantos da quadra de ataque, permitindo que a defesa faça o 2x1.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

F

Fundamentos

Pergunta: OI, treino um time de basquete e gostaria que vocês me passassem uma lista de exercí­cios para ensinar os fundamentos técnicos. Adelita em 2 de janeiro de 2008.

Resposta: Treine drible com duas bolas.Vários movimentos. Treine passe numa roda com um no centro passando aleatoriamente a bola. Quem erra vai para o meio. Treine arremesso com apenas uma das mãos fazendo o back-spin na bola (giro pra trás). Distância de 1m, 3m, 6m. Treine fintas seguido de 1 drible e bandeja ou arremesso (1x1). Aproveite para treinar defesa individual.
Treine rebote seguido de passe para a lateral (2x2 e 3x3). Quem pega o rebote descansa.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fundamentos

Pergunta: Por Favor expliquem - me sobre:
- o tapinha
- a enterrada
- arremesso em dois tempos
pesso o favor de responder com urgencia e agradeço-lhes muito !
grande abraco. Paulo Vitor em 21 de junho de 2007.

Resposta:
- o tapinha: é um tipo de arremesso no qual o jogador pega um rebote de ataque com a ponta dos dedos de uma das mãos e consegue marcar dois pontos estando ainda no ar.
- a enterrada: é uma bandeja na qual o atleta sobe verticalmente a ponto de conseguir jogar a bola para dentro da cesta, com uma ou duas mãos, de cima para baixo, anotando dois pontos.
- arremesso em dois tempos: é um tipo de arremesso conjugado com finta de arremesso no qual o atleta finge que vai arremessar numa posição ou com uma das mãos e troca de mão ou posição de arremesso permanecendo ainda no ar.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Faltas

Pergunta: Se eu faço a infiltração, com um jogador de defesa em movimento, qualquer choque dele em mim é falta? O que é mais eficaz? Um jogador vem para fazer a infiltração, eu paro na frente dele pra fazer o blok ou o cerco pra tentar dar o toko? Diego em 25 de março de 2007.

Resposta: A falta de ataque é caracterizada pela postura do jogador de defesa, o qual deve estar equilibrado e apoiado no piso com os dois pés no momento do choque. Se vc o tocar neste momento, a falta será sua. De outra forma, será falta de defesa.
A defesa é um fundamento coletivo, sendo assim, para evitar-se a falta no momento da penetração do adversário, será necessária a ajuda de um companheiro. Este movimento é treinado para forçar o atacante a andar ou perder a posse de bola num momento de desequilíbrio. De qualquer forma, o principal fundamento de defesa é não deixar o adversário o ultrapassar para a cesta. O toco é legítimo quando todo o resto já foi tentado para parar o atacante.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Faltas

Pergunta: As faltas coletivas zeram de um tempo para o outro ou continuam as mesmas? Vinicius em 3 de março de 2007.

Resposta: As faltas coletivas zeram no início de cada quarto de jogo.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Faltas

Pergunta: O que devo fazer quando estou com 4 faltas? Quando estou marcando individual devo marcar individual até no meu ataque? Luiza, 26 de agosto de 2009.

Resposta: Evite ficar com 4 faltas antes do minuto final da partida.
A falta só deve ser feita quando há risco iminente de cesta do adversário.
Se ficar pendurada com 4 faltas, deverá utilizar fintas de defesa, ou seja, finja que vai marcar de um jeito e marque de outro.
O atleta desqualificado não será mais útil à equipe.
Quando vc estiver na defesa, marque individual.
Quando estiver no ataque tente sempre se desmarcar para ficar livre e poder receber um passe ou até uma assistência seguida de cesta.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Final de jogo

Pergunta: Gostaria de saber como uma equipe de basquetebol deveria se comportar (deveria fazer) se estivesse perdendo o jogo por 20 pontos e restasse apenas um quarto de jogo para o seu final? Diego, 18 de março de 2010.

Resposta: Esta equipe e seu técnico deveriam ter consciência do quê causou esta diferença no placar e superar-se da melhor forma possível neste quarto que resta.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Faltas

Pergunta: Como se cobra a falta no basquete? Dayane, 9 de abril de 2010.

Resposta: Se a falta é cometida fora do lance de arremesso à cesta, a cobrança é feita por meio de reposição de bola numa lateral ou no fundo de ataque. A exceção ocorre quando a equipe que fez a falta já atingiu 5 faltas coletivas no quarto de jogo. Neste caso, qualquer falta é cobrada por lance livre, independente se foi no ato do arremesso ou não. A falta no momento do arremesso é sempre cobrada com lance livre. Se houve arremesso próximo à cesta com falta e a bola entrou, valem os dois pontos e o atacante ainda tem direito a mais um lance livre (é o chamado AND 1, ou seja, mais um). Se houve arremesso dentro da linha de 3 pontos com falta e a bola não entrou, o atacante tem direito a dois lances livres. Se houve arremesso de 3 pontos com falta e a bola entrou, o atacante ainda tem direito a mais um lance livre (este é o único caso de ataque de 4 pontos). Caso a bola não entre, o atacante terá direito a 3 lances livres.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fumble

Pergunta: O "fumble" é considerado uma violação? Sandro, 29 de abril de 2010.

Resposta: Um jogador que acidentalmente perde e recupera o controle da bola viva na quadra, considera-se como tendo cometido um 'fumble'.
Segudo a página oficial da NBA, http://www.nba.com/jrnba/officials/officials_guide_section15.html , sobre os sete mitos das regras do basquete, dois deles dizem, traduzindo para o português, o seguinte:
1° Mito: Se parece engraçado, deve ser considerado violação de drible, sobrepasso, "andada" ou dois dribles.
Realidade: A regra da andada é uma das mais mal compreendidas no basquete. Um dos princípios básicos é que um jogador não pode cometer a infração da andada a menos que ele tenha a posse da bola (viva) em jogo. Desconheço um termo em português, mas um "fumble" não é "controle" da bola, portanto, ele não pode ser considerado uma violação de andada. Se o árbitro identifica imediatamente o pé de apoio quando um jogador recebe a bola, ele está seguro para julgar a andada ou sobrepasso corretamente.
2° Mito: Depois que um jogador parou de driblar e ocorre um fumble (perde momentaneamente a posse da bola), ele não pode recuperá-la sem cometer violação.
Realidade: Um drible termina quando o jogador que conduz a bola a segura com uma ou com as duas mãos ou toca a bola simultaneamente com ambas as mãos. Um fumble é a perda acidental do controle da bola quando esta cai ou escorrega da posse do jogador sem a sua intenção. É sempre legal recuperar um fumble. As regras não penalizam a "falta de jeito".

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Falta

Pergunta: Poderia me explicar o que é falta sem lance livre e o que é falta com lance livre? Suellen, 23 de maio de 2010.

Resposta: Existem três condições para que uma falta gere cobrança de lance livre: falta no momento do arremesso; falta anti-desportiva, mesmo que o adversário esteja atacando ou defendendo; qualquer falta, desde que a equipe que comete a falta já tenha mais de 4 faltas coletivas naquele quarto de jogo.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fintas e Rebote

Pergunta: Qual o objetivo das fintas e do rebote? Gabriela, 25 de maio de 2010.

Resposta: As fintas podem ser de passe, de drible, de arremesso, de defesa, etc.
Elas servem para impedir que o adversário preveja o que o defensor ou o atacante vai fazer.
Os rebotes podem ser de ataque ou de defesa.
O rebote de defesa é um fundamento coletivo, onde todos fazem um bloqueio nos respectivos adversários ou numa determinada área para garantir a posse de bola após um arremesso do adversário.
O rebote de ataque é um fundamento individual que depende de muito treino, pois requer fintas, posicionamentos e atitudes específicas para cada tipo e distância de arremesso efetuado por um companheiro.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fundamentos ofensivos

Perguntas: 1. O passe do ombro serve para que tipo de lançamento? Justifique. 2. Porque a aprendizagem da bandeja é fundamental para o praticante do basquetebol? Justifique. 3. Porque o arremesso simples sem salto, é recomendado na cobrança do tiro livre? Justifique. 4. Porque o arremesso jump se apresenta como o melhor arremesso de ataque na finalização de uma jogada? 5. No rebote, qual deve ser a maior preocupação? 6. Cite duas situações em que o passe picado pode ser utilizado com bons resultados. Margarida, 31 de agosto de 2010.

Respostas: 1. É um passe longo, voltado para contra ataques, pois utiliza toda a envergadura do braço. 2. A bandeja é o fundamento de ataque que produz pontos para a equipe, da forma mais segura possível. Sem este fundamento, não há contra ataques, exceto aqueles que terminam com arremesso de média ou longa distância. 3. Quanto menos movimentos o atleta faz, maior a precisão do arremesso. Todo movimento desnecessário deve ser evitado no momento do arremesso de lance livre. 4. Todo arremesso no jogo prevê contestação do adversário. Por isso, na maior parte das vezes, o arremessador terá que subir o mais alto e rápido possível, para que sua bola não seja interceptada na sua curva ascendente. No 5x5, o jump é sempre utilizado, seja após drible com parada ou recepção de passe. 5. O bloqueio do adversário precede o rebote de defesa e, sem o que, o mesmo se torna muito mais difícil. Há um tempo para o bloqueio de rebote, tempo para correr para a bola, tempo para saltar, tempo para pegar ou tocar a bola. Tudo deve ser feito em sincronia e nesta seqüência. 6. O passe picado é utilizado, principalmente, quando a bola sai de um ala ou armador, na lateral, para um pivô. Da mesma forma, no contra ataque, o passe picado é o ideal para evitar a intercepção da bola pelo adversário.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

©